domingo, 10 de maio de 2015

[TAG] Festa de Aniversário

Oi, gente!
Como estão nesse Dia Internacional da Preguiça, também conhecido como domingo? 
Vim matar a saudade de responder TAGs porque finalmente me deparei com uma bem interessante, sem aquelas mesmas perguntas de sempre! Procurei também variar bastante nas respostas e citar livros que não aparecem muito aqui no blog. \o/
Apesar de não ser meu aniversário (que é em dezembro, mas esse ano vai ser quando estrear o filme do Deadpool! Hahaha) e nem do blog (que é em setembro), gostei tanto que não consegui esperar tudo isso! Hahaha.
Vem comigo que eu te explico ;)



A criadora dessa TAG super fofa é a Maria Martins, do blog Refúgio Rústico, e eu vi no canal do Vítor, do GeekFreak e no canal da Jéssica, o Lendo & Comentando. São 9 itens que existem em uma festa de aniversário para serem relacionados com livros; bem legal, né? :D
Sem mais delongas, vamos as perguntas!


1. Convite: Um livro que fez você entrar no mundo literário ou em um gênero novo.

Nos idos anos de 1999, quando eu era frequentadora assídua da biblioteca da minha cidade, me recomendaram essa série e eu acabei levando pra casa alguns meses depois (em um final de semana em que os poucos livros da Agatha Christie que eu não tinha lido estavam emprestados, hahaha). E tudo que pude pensar é: porque não li esses livros antes? Foi graças à As Brumas de Avalon que conheci o gênero fantasia e tomei gosto por livros de ficção que tem aquele tantinho ideal de fatos; e é até hoje uma das minhas séries preferidas. Também tem filme, infelizmente só do primeiro livro; que é ótimo e eu super recomendo para quem gosta de fantasia e da história do Rei Artur ;)


2. Chapéu de festa: Um livro que não tem muito conteúdo, mas você ainda o tem porque a capa ou diagramação é muito bonita.

Já mencionei esse livro aqui no blog algumas vezes, como uma das minhas maiores decepções literárias. Paguei muito caro nesse livro na pré venda e nunca consegui passar da centésima página, em nenhuma das três vezes que tentei a leitura :(
Não sou de deixar livros parados na minha estante, até porque não tenho mais espaço pra isso (quem me segue no instagram e viu essa foto sabe porque! Hahaha), mas mantenho ele aqui porque a capa é uma lindeza! Além das cores super fortes, que eu adorei; o material é tipo emborrachado, e dá a impressão de que vai durar pra sempre. Pretendo algum dia, daqui a algumas décadas, tentar a leitura novamente; mas sinceramente não espero conseguir terminar: esse é um dos livros mais chatos que já tive o desprazer de conhecer.


3. Língua de sogra: Um livro que achou divertido no começo, mas que agora não aguenta mais ouvir falar.

Não é tanto o livro, mas sim a situação, que resolvi citar usando Cidades de Papel para exemplificar: toda vez que uma adaptação cinematográfica vai ser lançada, acontecem duas coisas que eu detesto: a inundação de informações sobre o livro e o relançamento com a capa do filme (arghh!).
Até gostei do livro, que considero bem melhor do que muitos do gênero, e me identifiquei com o Quentin, o personagem principal do livro, que é nada mais e nada menos que um nerd de carteirinha. Mas tanta exposição do livro me faz tomar uma certa antipatia do enredo e até dos personagens! Hahaha. Livros do gênero YA e especialmente do John Green são mestres dessa situação (que o diga A Culpa É Das Estrelas), mas existem outros também, como As Crônicas de Gelo e Fogo e a série da HBO. 


4. Presente: Um livro que você adorou ter ganhado.

Felizmente, sou uma pessoa abençoada e ganho muitos livros, já que todos sabem que é uma das minhas coisas preferidas da vida. Um dos melhores presentes que ganhei, com certeza, foi essa edição definitiva de Watchmen! Depois de gastar loucamente na Bienal ano passado, me deparei com esse livro e fiquei apaixonada! Mas já tinha gastado demais e o preço era bem salgado. Meu irmão, que não só tinha aceitado me acompanhar como também me ajudou a carregar as toneladas de peso pra cima e pra baixo; viu minha carinha de triste e me deu de presente Tenho ou não tenho o melhor irmão do mundo?
Nesse mesmo dia ganhei também o meu Toda Mafalda, sonho de consumo há nem sei quantos anos. Pessoas que dão livros de presentes tem entrada garantida no céu e morada permanente no meu coração! Hahaha.


5. Balão/Bexiga: Uma série que você acompanhou desde o lançamento, até que estourou e agora todo mundo conhece. Ou aquela que você acredita que vai estourar.

Quando vi a respeito desse livro pela primeira vez, lá em 2013, nesse vídeo da Catriona, do Little Book Owl, fiquei fascinada. Depois de ler, sabia que com certeza esse livro faria um super sucesso; e hoje acho que mesmo quem não leu sabe a respeito do livro. Apesar disso, tenho certeza que esse livro ainda vai fazer mais sucesso ainda, porque gente, é muito amor!
Ainda falta o último livro da trilogia, sem data de estréia, por enquanto (mas já tem a classificação do Goodreads de 4,5 estrelas e um comentário do próprio autor embaixo, sobre "viajantes do tempo"... hahaha), mas assim como muitos outros leitores, eu tenho a maior fé no Patrick Rothfuss e confio que ele saberá finalizar essa jornada épica do Kvothe maravilhosamente. Ele e tio George Martin são responsáveis por metade dos meus cabelos brancos, de tanta ansiedade! Hahaha. Mas tudo bem, quando a gente sabe que vale a pena ;)

6. Recreador/Palhaço: Um livro que você deu boas risadas.

Vários livros já me arrancaram risadas (A Cor da Magia, de Terry Pratchett; Viagens de Guliver, de Jonathan Swift, a série O Guia dos Mochileiros da Galáxia, de Douglas Adams, só pra citar alguns).
Mas esse foi um livro especial porque, além de ser escrito pela Anne Rice, faz parte da série As Crônicas Vampirescas, com alguns dos livros mais assustadores e bem escritos que eu já li.
Ri do começo ao fim com esse livro, inesperadamente, e reli várias vezes (junto com O Vampiro Armand; são os meus favoritos!). O protagonista que me arrancou tantas risadas é o Vampiro Lestat, reconhecido pela maioria dos fãs como o personagem mais maravilhoso da série. Esse é o quarto livro d'As Crônicas Vampirescas, e se você ainda não leu, vale a pena só pra chegar até esse livro! Recomendadíssimo ;)

7. Penetra: Um livro que você "não queria", mas por algum motivo entrou em sua coleção.

Como eu disse, sou abençoada: ganhos muitos livros. E também sou sortuda, porque tenho uma prima que tem tantos livros que nem sabe mais quais tem e acaba comprando séries inteiras repetidas! Hahaha.
Foi assim que a série Diários do Vampiro veio parar na minha estante. Não eram livros que eu tivesse uma previsão de leitura, já que acompanho a série desde o começo e já li inúmeras resenhas que contam como os dois são diferentes. Mas com certeza estava na minha lista de leitura! Agora, graças a esse "acidente", tenho a coleção completa pra ler quando quiser 
Também foi sob essas mesmas circunstâncias que a coleção "Os Imortais"completa, da Alyson Noël, veio parar na minha estante: a mesma prima que me presenteou. Fica aqui o meu muito obrigado à minha prima Ângela! 

8. Brigadeiro: Um livro que você está querendo loucamente, mas ainda não lançou.

Quem está acompanhando o desafio 15 Livros Para 2015 sabe que esse é um dos livros que me propus a ler esse ano. O pequeno problema é que o livro até agora não foi lançado e quase não se tem notícias da previsão exata, o que me deixa muito preocupada. 
Também não foi divulgada ainda a capa do livro no Brasil, o que como todos nós sabemos, é motivo de preocupação; afinal esse é o 11º da série As Crônicas Vampirescas, da escritora Anne Rice, e um dos meus principais medos é de a editora não acompanhe o estilo das outras capas (o que me irrita profundamente!).
Como eu disse, essa série está mais do que recomendada! É uma das minhas  favoritas da vida. Vampiro de verdade é o Lestat! Hahaha 

9. Bolo: Um livro que você comemorou ou vai comemorar ao ter em sua estante.

Não querendo roubar na escolha, mas já roubando descaradamente, com certeza vou comemorar em ter esses livros na minha estante!
Além de serem livros que eu ainda não tenho, (O Diário de Anne Frank e O Jardim Secreto li na biblioteca, Star Wars ainda não li e Laranja Mecânica comecei mas não terminei, já que o livro era emprestado de uma amiga e tive que devolver, snifff) são edições tão lindas que me fazem babar arco-íris coloridos quando vejo.  
Por serem edições especiais, também são bem mais caras, e claro que isso dá um certo orgulho também; junto com um sentimento de loucura pagar um preço desse por um livro só.
Mas, como todos sabemos, cada centavo vale a pena; não vejo a hora de ter esses livros na minha estante! 


E assim chegamos ao fim da TAG, pessoal! Espero que tenham gostado, eu adorei responder as perguntinhas =D
Vou usar todo o meu eu maléfico e indicar um montão de gente pra responder também: 

- A Gabis, do Reino da Loucura
- O Kaio, do Os Dragões de Fogo
- O Thiago, do GetleGeek
- A May Pacheco, do Black Sheep
- A Lygia, do LyCats
- A Letícia, do LitteraturaMundi
- A Greice, do Blogando Livros
- A Tici, do Bibliophiliarium
- A Rafa, do Vamos Falar de Livros?
- O André, do HipsterRobin
- Você, que está lendo esse post!

Não se esqueçam de deixar os links nos comentários pra eu poder visitar e conferir as respostas!
Por hoje e só, gente!
Bjos & Até Depois ;)

Vem você também pro Bonde Literário!
HAHAHAHAHA