domingo, 8 de março de 2015

[Opiniões Sobre Livros] Literatura Modinha?

Olá, queridos e queridos nerds literários!
Como vocês estão enfrentando esse mês de março?
Adoro esse mês, o verão finalmente vai embora com o seu calor infernal e começa a minha estação preferida: outono! 
Saindo um pouco da rotina, hoje quero falar sobre um tema ~polêmico~ que anda causando um certo furor nas mídias sociais, principalmente entre os blogs literários: a literatura "modinha". Pra você, existe essa tal de literatura modinha? Vamos falar sobre isso!

Nas minhas visitas aos blogs literários, tenho observado a crescente onda de posts sobre "literatura modinha". Alguns acreditam que ela existe, e que são os livros YA "os culpados por disseminar literatura de baixa qualidade" (Oi??). Alguns acreditam que ela existe, mas que a culpa são dos best-sellers, que "empurram os leitores influenciáveis para livros de baixa qualidade". E outros acreditam que isso não existe e que o termo "literatura modinha" foi criado pelos haters porque era uma coisa que eles poderiam odiar apoiados pelos leitores.
Na minha opinião, ler virou moda sim. E amém por isso! É só observar o aumento na quantidade de blogs literários e a presença cada vez maior de leitores nas mídias sociais. O que eu não entendo é porque isso é encarado como uma coisa ruim!!
Acredito que uma minoria se sinta ofendida por ter sido retirada do seu posto de intelectuais introspectivos. Houve um tempo (sim, queridos leitores, muito antes de Harry Potter!) em que um adolescente que gostava de ler era encarado como algo raro e extremamente diferente (e esquisito também). Depois que ler virou moda, os pobres jovens que não gostam é que são discriminados (e pensar que eu vivi pra ver isso - impagável!). Livros são temas de intermináveis tópicos em redes sociais e fotos deslumbrantes no instagram. Quem diria!
E porque isso é necessariamente uma coisa ruim?? Eu considero que seja uma das melhores coisas que poderia ter acontecido; na era da internet existe tanta coisa inútil que me sinto emocionada em pensar que muitos jovens se afastam dessas distrações para simplesmente ler um livro. É ou não é uma fofura? *-*



Modinha X Qualidade Literária

Que atire a primeira pedra quem começou a ler com Tolstoi. Que seja o primeiro a se proclamar contra a literatura modinha quem nunca leu um clássico que detestou. Será que essas pessoas existem? Eu, pelo menos, nunca conheci nenhuma. E acho particularmente engraçado essas críticas que geralmente partem da geração que começou a ler com Harry Potter (livro mais "modinha", impossível!)
Nunca vou entender uma pessoa que sente necessidade de atacar a qualidade literária de uma obra baseada em seu sucesso (e eu achando que era justamente o contrário!). Para algumas pessoas, parece ser difícil de entender que um livro "da moda" não é obrigatoriamente ruim; e que não existe nenhuma obrigação para ler o que quer que seja, esteja na moda ou não. 
E falar de literatura de qualidade, é complicado, na minha opinião, porque um livro que é horrível para outra pessoa pode ser maravilhoso pra mim, e vice-versa. A qualidade literária é um tema um tanto abstrato que é baseado (ou deveria ser!) no gosto do leitor, e nada mais. Caso contrário, não existiriam tantos livros, com tantos enredos e escritas diferentes, para os mais variados gostos; tantos livros que algumas pessoas odeiam enquanto outras amam de paixão.



Na minha opinião, literatura clássica é uma literatura gormet, um gosto adquirido. Eu, pelo menos, estranhei bastante a linguagem e o enredo dos livros clássicos, no começo. E acho o termo clássico um tantinho mal interpretado, o que afasta muitos leitores, e com razão. Um livro que não perde seu valor com o tempo, que tem apelo universal e causa impacto em outros autores pode ser considerado um livro clássico. Como não dizer, então, que Harry Potter e O Senhor dos Anéis não são livros clássicos? Enquanto alguns dizem que são os livros mais importantes do século XX, esses livros não estão na grande maioria das listas de livros clássicos.



Seja modinha ou não, eu apoio a leitura, incondicionalmente, seja de qual livro/gênero/autor. Que essa moda se espalhe cada vez mais, que cada vez mais jovens descubram o prazer da leitura e a imensa alegria de mergulhar em um novo universo, de se conectar para sempre com personagens, de viver incontáveis histórias!


E vocês, o que acham? Existe mesmo essa tal literatura modinha ou isso nada mais é que invenções dos haters? Se ela existe, é boa ou ruim?
Sinta-se livre para comentar!
Bjos & Até Mais ;)