terça-feira, 21 de abril de 2015

Update #2 - Desafio ReadingChallenge2015

Oi, gente!
Como vocês devem ter percebido, o pequeno sumiço previsto depois das voltas as aulas aconteceu, mas esse blog falha mas não falta! Hahaha. O post de hoje é sobre as leituras de fevereiro e março, para que tudo fique certinho e que no próximo post de update do desafio já esteja tudo em ordem! :)
Também preferi separar os dois posts ao invés de acrescentar os livros de abril, pelo motivo que: são muitos livros! Hahaha.
A notícia boa é que apesar do que eu previa, o atraso na leitura não foi tão grande e estou mais do que em dia com o desafio! \o/
Com certeza, li menos livros nesses dois meses juntos do que consegui ler em janeiro, mas tive o prazer de excelentes leituras ❤
Vem comigo que eu te conto quais foram! ;)

Comecei o mês de fevereiro com altas expectativas, porque tive muitas dificuldades na hora de escolher os livros. Mas apesar da ansiedade gostosa que um desafio traz, fiquei muito feliz com a maioria das minhas escolhas! Como sempre, todos os livros estarão linkados para os seus respectivos perfis no Skoob, caso vocês queiram conferir sinopses ou resenhas, e até mesmo, quem sabe, adicionar na estante.
Sem mais delongas, vamos aos livros!


Livro: O Fim da Eternidade - Isaac Asimov
(não faz parte do desafio, foi a escolha do mês do Literary Hurricane)
Classificação: ☆☆☆☆ de 5 estrelas

Esse foi o meu primeiro contato com Asimov, e devo dizer que eu tinha meus receios. Ficção científica não está entre os meus gêneros favoritos e eu sabia muito pouco a respeito do livro, já que como vocês sabem, eu não leio resenhas e raramente leio sinopses. Mas gente, esse livro é espetacular! O enrendo é de tirar o fogo (e quem não é apaixonado por viagens no tempo?) e achei o  Andrew, personagem principal da trama, simplesmente adorável, apesar de algumas características bem desagradáveis que ele tem (e quem nesse mundo de Deus que não tem!)
O que me cativou mesmo no livro foi o romance. Sim, meus queridos, existe romance em um livro de sci-fi, o que por si chamaria a minha atenção. Mas esse romance em especial tem mistério, tem humor, tem suspense; e está mais do que interligado na trama principal - ou seja, não é apenas um romance que existe para deixar o livro mais "interessante". A leitura meio que se arrastou no começo, os saltos temporais e os nomes me confundiram um pouco, e só por isso não considero um livro cinco estrelas. Mas o final é um dos melhores que já li na vida! Mais uma vez, obrigada Literary Hurricane!

Livro: Garota, Interrompida
Categoria/Item no desafio: 19 (Um Livro Baseado Em Uma História Real)
Classificação: ☆☆☆☆☆ + FAVORITO

Um dos melhores livros do ano até agora, e que com certeza entrou para a lista de Favoritos da Vida. Gostei tanto desse livro que é até difícil falar a respeito! Mas tenho que falar, convencer vocês a pelo menos darem uma chance, porque gente, que livro espetacular!
A história em si já reflete muito da nossa geração (e por nossa geração, quero dizer anos 80/90), que se sente absolutamente afastada do estilo de vida dos nossos pais (quem já tentou ensinar o pai, a mãe ou a avó a usar um aplicativo de celular entende bem do que eu estou falando! Rsrs). A forma com que a Susanna tenta lidar com esses problemas é a mesma que muitos nós tentamos; o que ela conta no livro (que é praticamente uma autobiografia) é que ela simplesmente não conseguiu. Os problemas que ela não venceu acabaram se tornando doenças psicológicas graves que a levaram a mais de dois anos de internação em uma instituição psiquiátrica. Aos poucos, e com muita luta, ela enfrenta sua pior inimiga: sua própria mente.
O filme não consegue demonstrar o impacto que a doença causou na vida da Susanna. Apesar da atuação maravilhosa de Angelina Joli, eu altamente recomendo o de sempre: leiam o livro! Em breve vai ter resenha dos dois ;)

Livro: O Menino do Pijama Listrado - John Boyne
Categoria/Item no desafio: 38 (Um Livro Que Te Fez Chorar)
Classificação: ☆☆☆☆☆ + FAVORITO

Se tem um motivo que me faz amar ainda mais esse desafio, são as releituras, pelas quais sou apaixonada. E a releitura desse livro foi exatamente como da primeira vez: emocionante.
Não é segredo pra ninguém que meu tema preferido é WWII, e ter um livro desse tema sob o ponto de vista de uma criança, é indescritivelmente lindo. E o Bruno, um menino de 9 anos crescendo sob o regime de Hitler, é de aquecer o coração de qualquer um. Mesmo o próprio pai sendo do partido nazista, Bruno sofre com a guerra, é afastado de todos os seus amigos e obrigado e ir morar em um campo de concentração, que é chefiado pelo seu pai.
Um spoiler sobre esse livro pode estragar toda a lindeza da escrita de John Boyne, portanto vou parar por aqui, e apenas dizer: leiam. E arrumem uns lenços, pra ficar bem pertinho...
Esse livro foi adaptado para o cinema e claro, está na minha lista do Desafio Livros & Filmes, e já estou me preparando psicologicamente para assistir; porque se eu chorei com o livro, nem quero imaginar como vai ser quando assistir o filme! Hahaha.

Livro: Qual É Seu Número - Karyn Bosnak
Categoria/Item no Desafio: 8 (Um Livro Engraçado)
Classificação: ☆☆☆☆,☆ de 5 Estrelas

Esse livro estava na minha lista há muito tempo, e só pela sinopse já sabia que seria um excelente candidato a essa categoria. E fico feliz em dizer que não estava errada: ri alto com esse livro, coisa que não me acontece com tanta frequência.
O motivo pelo qual esse livro estava na minha lista de leitura é pelo filme, porque depois que assisti o trailer fiquei doida pra ver (vocês podem conferir o trailer nesse link, legendado; e não se assustem quando aparecer o Capitão América, o Peter Quill/Senhor das Galáxias e o Dr. Watson na mesma cena!)
E podem ter certeza que não me arrependi: o livro é uma delícia de ler! Depois de Bidget Jones, é o melhor chick-lit que já li e sendo assim, minha classificação não poderia ser outra! A meia estrelinha perdida se deve somente a algumas partes extremamente descritivas do livro, que achei desnecessárias, mas só posso dizer que esse livro está recomendadíssimo!
Mesmo conhecendo o livro através do trailer do filme e ficando com vontade de ver o filme antes de sequer saber que o livro existia, adivinhem? O livro é melhor! Hahaha. Indesculpável a última cena do livro ter sido cortada e (des)necessário o excesso de "quase" nudez do Chris Evans (não que eu esteja reclamando, só pra deixar claro! Hahaha. É que ficou meio que forçado no filme, e no livro, as cenas nem existiam). Classificação do filme: quatro de cinco estrelinhas :)

Livro: A Cor Púrpura - Alice Walker
Categoria/Item no Desafio: 37 (Um Livro Com Uma Cor No Título)
Classificação: ☆☆☆☆☆ de 5 Estrelas

Como me lembrava muito bem da crise de choro que tive quando tentei assistir esse filme, foi com um peso no coração que escolhi A Cor Púrpura. Mas, no final das contas, ainda bem que eu o peguei!
Sim, o livro é triste. Mas é cativante, emocionante, e tem muito amor. A leitura flui maravilhosamente, e se torna tão envolvente em poucas páginas, que eu tive que perder uma noite de sono pra ler até o fim: simplesmente não conseguia parar.
A forma de escrita da autora (em que a personagem escreve cartas para Deus) foi ao mesmo tempo inusitada e comovente, pelas histórias de sofrimento mas também pelas alegrias e pelo amor da Nettie; como ela se descobre e exerce a sua força, mesmo com todas as dificuldades. Nunca li tantos temas pesados em um livro só (pobreza, fome, machismo, violência física e sexual) e com tanta maestria. Nem preciso dizer que chorei litros e que tive uma ressaca literária de um mês e dois dias, porque queria algo tão bom quanto e não sabia como encontraria. Super merecido o  Premio Pulitzer: livro simplesmente espetacular!

Livro: A Letra Escarlate - Nathaniel Hawthorne
Categoria/Item no Desafio: 2 (Um Romance Clássico)
Classificação: ☆☆,☆ de 5 Estrelas

Depois de mais de um mês de jejum literário, escolhi A Letra Escarlate na tentativa de me desprender da maravilhosa escrita de Alice Walker; e infelizmente não funcionou. Apesar da história em si ser extremamente interessante (a Inglaterra na época dos puritanos, um dos temas que eu adoro) e do romance ter todos os ingredientes espetaculares, a escrita de Nathaniel não me cativou. Excessivamente descritivo, tive a impressão de que o autor buscou dar ao romance um clima de sobrenatural, o que não tinha nada a ver com o enredo.
O que realmente me encantou no livro foi a maneira com que o autor desmistifica o estilo de vida da época, as desigualdades sociais, o papel da mulher em uma sociedade patriarcal, o poder que a igreja exercia em tudo e em todos. Nessas partes, eu devorava o livro e me encantava com o autor, para logo em seguida me ver desapontada pela ênfase em relações de amor e ódio entre o triângulo amoroso, e elementos sobrenaturais que simplesmente não estavam lá. Para coroar, não gostei do final :(
Duas estrelinhas e meia para A Letra Escarlate, infelizmente!

Livro: Resistência: A História da Mulher Que Desafiou Hitler - Agnès Humbert
Categoria/Item no Desafio: 26 (Um Livro de Memórias)
Classificação: ☆☆☆☆ de 5 Estrelas

Aumentando a minha já imensa coleção de livros sobre a Segunda Guerra Mundial, tive a sorte de encontrar esse livro no sebo amigo; e claro, mais do que depressa ele veio fazer companhia para os outros na minha estante!
Com a ideia pré concebida de que "resistência" só pode acontecer através de violência, ganhei um belo tapa mental da autora, que me mostrou que nem é sempre é preciso lutar em um front de batalha para se combater em uma guerra.
Sendo francesa, a posição dela era extremamente vulnerável, já que os franceses se consideraram "neutros"; e ela corria grandes riscos. Ainda sim, ajudou na criação de toda uma rede de informações que repassava aos aliados; e depois de presa, sofreu todos os tipos de humilhações possíveis, passou fome e viu muitos amigos serem executados. Foi julgada e sentenciada a quatro anos em uma das piores prisões da França, onde contra todas as possibilidades conseguiu escapar e viver para contar a história.
Um relato comovente em uma escrita deliciosa, vale a indicação até mesmo para aqueles que não são fãs do tema.

Apesar de um livro abaixo da minha meta mensal de leitura, fiquei feliz com o resultado e claro, com a oportunidade de ler excelentes livros. Visitei alguns blogs que estão participando e gente, como vocês conseguem ser tão lindos, e ler tanto, e gostar tanto do #ReadingChallenge como eu? Hahaha. Vocês me incentivam um monte!


Agora vou ficando por aqui, e pra finalizar, só queria dizer que o próximo post de update do desafio deve sair logo no finalzinho desse mês!
Bjos & Até Mais ;)